September 15, 2006

“O Portugal que sai da crise”

Posted in imprensa, política nacional, sociedade at 2:02 pm by Ana

Na Visão desta semana o que mais gostei de ler foi o artigo sobre o software livre e um outro, tema de capa, sobre empreendedorismo e inovação. Gostei de ler este último justamente por dar uma ideia diferente e mais animadora da economia e das pessoas por detrás dela. Gostei de ler histórias de pessoas que deram a volta por cima, que inovaram, que perseveraram, que arriscaram, e que agora vêem o seu trabalho dar frutos. É em histórias destas que me inspiro e que me apoio quando as coisas parecem mais negras.

Acredito firmemente que a iniciativa privada e as empresas são um veículo privilegiado de mudança de mentalidades e paradigmas, de inovação, de trabalho social e comunitário. É tempo de acabar com esta cultura de mama do Estado e de dormir à sombra dele (a bananeira). Leva a que só nos queixemos de tudo e fiquemos à espera que alguém faça alguma coisa. Mas o pior é que (quase) ninguém faz nada… de jeito, pelo menos. :-P

Neste país em que os governos só se governam a si próprios, são as empresas que devem liderar o caminho, e levar a sociedade a reboque. Ou isso ou é melhor emigrarmos todos porque os políticos não têm estofo para salvar este país.

About these ads

2 Comments »

  1. Vtrain said,

    Sou assinante da revista Exame .. há lá muitas historias destas. Algumas realmente inspiradoras e bem mais consistentes em termos de artigos jornalisticos que estas historias da visão. Se quiseres em vez de mandar para o papelao depois de as ler posso passar-te as revistas. A sério que não são seca… são interessantes… claro que eu salto os artigos sobre o ginastica para executivos lol
    Vtrain

  2. Ana said,

    Eu também gosto de ler a Exame. Não sou assinante, compro uma de vez em quando, quando têm algo que me atrai particularmente. Infelizmente não posso comprar todas as revistas que quero ou ia à falência. De qualquer modo nunca tenho tempo de ler aquilo tudo. Tenho sempre que me controlar nos impulsos literário-consumistas. :-P A última que comprei, de Agosto, foi comigo para a Alemanha e voltou e eu ainda não a consegui ler! :-P
    Mas sim, sim! Era fixe se me fizesses intermediária entre ti e o papelão! :-D


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: