March 12, 2006

E lá fomos, embora não até à meta…

Posted in mobilidade at 10:34 pm by Ana

Ontem sempre acabámos por ir testar o caminho até ao Lumiar. Fomos já tarde, tipo 16h30 (mais coisa, menos coisa) e no espírito de “vamos só até meio-caminho ou coisa que o valha”. Acabámos por ir até Benfica e achámos que seria melhor voltar. Quer porque as próximas zonas são mais “complicadas” (Damaia e afins) quer porque já era tarde e ainda tínhamos que fazer o percurso de volta a casa, e nós não temos ainda luzes nas bicicletas, o que é perigoso para andar a circular na estrada…

Impressões… Andámos cerca de 20 km (ida e volta), não fiquei cansada e não me lembro sequer de transpirar mais do que o normal. A excepção à regra foi a passagem pelo vale de Barcarena. Aquilo custa um bocado… Dava mesmo jeito uma Stokemonkey!😉

BarcarenaBarcarena2[As pessoas aqui é suposto circularem pela valeta. As bermas ora existem, ora não existem, ora são largas, ora diminuem subitamente… (Barcarena)]

Se ignorarmos a falta de condições de circulação que encontrámos (as cidades e vias são pensadas para pessoas dentro de automóveis, tudo o resto é como se não existisse ou não merecesse respeito) e as coisas estúpidas que vimos para quem circule a pé, principalmente (e que todos os dias, por todo o lado, encontramos), e os imbecis que não dão a distância lateral de segurança que nos é devida, ou os que nos apitam (mesmo que seja para nos “alertar”, o que faz é assustar-nos porque da presença deles já nós nos apercebemos antes…),… o grande inconveniente de usar a bicicleta como meio de transporte é o fumo todo que respiramos e que fica na roupa (argh). Ah, claro que nem vale a pena falar em instalações/equipamento para prender ou guardar as bicicletas quando paramos num café ou mercearia, ou numa Loja do Cidadão, ou num cinema, etc. Já para não falar no local de trabalho…

faltaespacoestreitosemsentidonomeiotúnelciclovia3

[“Ilhas” para peões são imensamente sub-dimensionadas (Amadora), passagem pedonal não tem largura para passarem 2 pessoas ao mesmo tempo, quanto mais carrinhos de bebés, por exemplo (Queluz, perto da estação de comboios), os passeios são “now you see me, now you don’t (Leceia), o melhor sítio para pôr sinais de trânsito, postes de semáforos, pinos ou publicidade é sempre MESMO no meio do caminho (perto de Barcarena), passeio pedonal já perto de Benfica vai oscilando de largura e não passam duas pessoas facilmente, mais um poste no meio do caminho, bem como uma ciclovia (?!) que não se dá por ela e que começa no nada… (Benfica).]

Uma das vantagens de circular a pé ou de bicicleta é a calma, o tempo para reparar no que nos rodeia. Quando vamos de carro passa-nos ao lado montes de coisas. E de pessoas (para o bem e para o mal). De jinga reparamos em montras que não tínhamos visto antes, em coisas mal feitas nas estradas/passeios/edifícios,… Os autarcas deviam andar de bicicleta para melhor perceberem o que tem que ser arranjado, melhorado, mudado.

insegurança [Passadeira ao pé de um jardim/parque em Queluz: o passeio no meio inspira segurança!…]

No caminho para lá reparei no CCVA – Centro Ciência Viva da Amadora. Tinha uns bonecos de cartão muito giros espalhados pelo edifício das exposições. Fotografámo-los à ida e depois à volta, já no “lusco-fusco”. No regresso, ali ao pé de Queluz reparámos numa loja com uma pista enorme de carros, vimo-la da janela e estava gente a brincar com aquilo. O Bruno ficou um bocado a namorar aquilo.😉

cardboardpeople1cardboardpeople2

1 Comment »

  1. BSantos said,

    http://www.hobbymodel-pt.com/

    Tá offline… A pista era de scalextrix… :-D~~~~

    http://www.scalextrix-international.co.uk/


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: