July 5, 2006

*sigh*

Posted in up close & personal at 5:15 pm by Ana

Amanhã tenho um exame da última cadeira que me falta (além do estágio) para acabar o curso… É um cadeirão, Química-Física 2.

Nos últimos dias tenho demorado muito a adormecer. Anteontem e ontem foram as noites piores, mesmo tomando um comprimido de valeriana antes, demoro horas a conseguir “desligar”. A matéria é difícil, os acetatos deste último capítulo que estou a estudar (Dinâmica Reaccional) são confusos e em notações diferentes das do livro. Não tenho tempo de estudar o último capítulo (Termodinâmica Estatística), que é importante.😦 Tenho estudado pelo livro e pelos acetatos dos professores. Na Biblioteca Central da FCUL têm 2 livros com a resolução dos exercícios de fim de capítulo do livro do Atkins. Fotocopiei as partes da matéria da cadeira e dediquei-me a resolvê-los. Talvez ter alguém (desde que fosse tão “aplicado” quanto eu) com quem estudar fosse mais rentável porque poderia ser mais fácil ultrapassar alguns nós. Sozinha perco horas de volta de determinado exercício a tentar perceber porque é que aquilo se faz assim, de onde vem a fórmula A, B ou C, o que legitima determinadas assunções, aproximações ou raciocínios. Geralmente não consigo passar à frente sem ter percebido o degrau anterior.

Além deste exame ainda tenho o de Recurso. Mas queria conseguir passar já, porque no outro estarei ainda mais ansiosa, uma vez que é a última oportunidade, e tenho medo que isso me afecte o desempenho durante a prova. Amanhã vou lá fazer o “test drive”. Nas 2 semanas a seguir vou preparar-me como toda a gente: resolvendo exercícios de exames. Talvez até, quem sabe, arrisque a ir esclarecer dúvidas com os professores… Não estou preocupada com a nota, basta-me um miserável 9,5, porque os 50 % de ponderação de uma nota prática de 19 darão para deixar o saldo final com algum honra.😛 O meu cérebro fica em água muitas vezes, e a motivação e a capacidade de concentração são inconsistentes. Há 7 anos que faço tudo sozinha. Estudo sozinha, aprendo sozinha. Não tiro dúvidas com ninguém e nos exames é raro perguntar alguma coisa. Estou esgotada e desmotivada. Claro que o meu rendimento é muito inferior ao dos meus pares. Mas quando aprendi, aprendi mesmo. Claro que a seguir esqueço quase tudo.😛 Mas o que importa é que consigo desenvencilhar-me sozinha e para mim é muito importante saber que posso depender só de mim própria e conseguir atingir as minhas metas tomando partido apenas dos meus próprios recursos. Ter passado pelos problemas, crises, e provas porque passei ajuda-me a ter uma noção do que consigo endure. And really puts things into perspective. Hoje é bom, amanhã é mau, noutro dia será pior, mas há sempre um outro dia em que se acorda e estamos de novo bem, sobrevivemos and life is good.🙂 Acho que consigo agora apreciar melhor a minha vida e consigo relativizar melhor os problemas e as fases más.

Acho que terminar o curso e pôr para trás estes últimos 7 anos da minha vida vai tornar-me uma pessoa diferente. Or so i hope!😉

Hoje não fui para a FCUL como é habitual, porque tive receio de depois não conseguir sair de lá ao fim do dia, uma vez que o Carmona colocou um ecrã gigante no relvado em frente à Reitoria para o povo assistir em directo ao jogo das meias-finais do Mundial de futebol… Assim fui para a Biblioteca Municipal de Oeiras. Estava fixe, e tenho impressão de que resolveram a questão da climatização.🙂 No entanto, vim embora quase 2 h antes de aquilo fechar porque entretanto sentou-se ao meu lado um velhote mal-cheiroso e eu não aguentei estar ali a sentir aquele cheiro…😦

Vim para casa do Bruno. Agora perdi-me na web, como é costume, mas a seguir ainda vou queimar mais pestanas a estudar. Amanhã vou estar deprimida.😦

Há tanta coisa no mundo a precisar de ser feita, e eu tenho passado os últimos 7 anos da minha vida, e os primeiros 7 da minha “vida adulta” a estudar, a trabalhar para aquecer, sem ter nada de palpável ou relevante para mostrar. It’s a really really depressing thought.

7 Comments »

  1. spca said,

    Olá, Ana.

    És tu com o curso e eu com o doutoramento…

    Gostava de ter uma boa resposta para te dar, mas provavelmente tenho de a dar primeiro a mim, e isso ainda não encontrei…
    Como acho que já referi por aqui, fiz o curso de QA-orgânica (nos 5 anos regulares, praticamente sem precalços e com uma boa média), e estou às voltas com um “bendito” doutoramento. Oficialmente desde há 6 anos e meio (a bolsa vai acabar no final de 2003), oficiosamente desde há 7 anos, desde que acabei o curso (Julho de 1999). Sendo o tempo normal, como sabes, 4 anos. Bem, a tese foi entregue no fim de 2005, por isso se só contarmos esse período ficamos com 6 anos ou 6 anos e meio, conforme o grau de oficialidade. Tornei-me “alérgico” ao trabalho de laboratório e em certa medida à química (tirando coisas de cultura geral), já me arrependi milhentas vezes de me ter metido no doutoramento, e de certa forma pergunto-me muitas vezes porque fiz o curso de QA, já que pelos vistos não tenho o mínimo feitio para trabalhar em química.
    É um pouco difícil encontrar respostas, principalmente quando não encontrei ainda um caminho. Mas de certa forma, já descobri que, independentemente de ter ou não feitio para o trabalho em química, de facto o curso (QA) me deu uma boa bagagem a nível de cultura geral científica. De perceber as coisas, o mundo que nos rodeia, a nível científico. Bagagem essa que foi completada por algumas conferências, grande parte das quais tive oportunidade de assistir por estar a fazer o doutoramento – não acho que isso o justifique, mas sempre é uma das coisas boas a que me posso agarrar. E apesar de não me ter dado muito bem com o trabalho que fiz, também possivelmente não saberia que, ao contrário do que eu pensava no final do curso, não era por aí, se não tivesse tentado. E fiquei a conhecer minimamente o que é de facto o trabalho científico, sem idealizações, coisa que de outra forma teria sido difícil.
    Neste momento, para além do estudo para a defesa da tese, tenho estado a estudar programação, com vista a tentar essa área a nível profissional. Provavelmente o “normal” seria eu manter-me na área de doutoramento, ou pelo menos na química, de forma a “rentabilizar o que investi”. Mas acho que se fizer isso, viverei sempre frustrado. Por isso, olha, vou tentando encontrar outro caminho que tenha mais a ver comigo.

    A ver vamos.

    Boa sorte para Q-F2.

    Bjs

    Sérgio

  2. spca said,

    Correu bem?

  3. Ana said,

    Nopes. Acabei por desistir.😦

    Agora vou entrar em modo ainda mais all-work-and-no-play nas próximas 2 semanas e dar tudo por tudo para me safar no próximo.

    Ia dizer que tenho esperança que dê para passar nesse, mas eu não “espero” nada. Tenho uma réstia de optimismo baseada no facto de até aqui ter conseguido atingir as minhas metas através de muito trabalho, empenho e dedicação. Não sou menos inteligente do que a maior parte dos colegas que encontrei e sou muito mais trabalhadora, por isso se eles conseguiram também hei-de conseguir! O que mais medo tenho é do factor emocional, e não tanto do intelectual. Tenho conseguido gerir bem a ansiedade durante o estudo e durante as provas, mas esta tem um significado e uma importância especial.

  4. O que mais medo tenho é do factor emocional, e não tanto do intelectual.

    Pois, é o mal de muito boa gente, eu incluida. Não desanimes, força nisso!
    Já agora parabéns pelo blog, descobri-o na semana passada e gostei bastante.
    Acho que estamos na mesma área, sou de engenharia biotecnológica.
    Beijinhos

  5. Ana said,

    Thanks!🙂

  6. spca said,

    Bom estudo para a época de recurso.

    Bjs

    Sérgio

  7. Ana said,

    Obrigada, Sérgio.🙂


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: