August 26, 2006

Um novo mundo desponta

Posted in ambiente, eventos & Cia, mobilidade, videos at 10:21 pm by Ana

Hoje fui dar a uns videos de uns carros “alternativos” que j√° referi aqui antes.

Adorei ver este sobre o Carver One, no Top Gear, um programa da BBC. Quando chegar aos 18000 $ fico verdadeiramente interessada! ūüėÄ Outro video aqui.

Encontrei também um video do Tango, aqui, um do TESLA, aqui, e um do PIVO, da Nissan, aqui.

Tenho adicionado este tipo de videos √† minha lista de favoritos no YouTube. Tenho l√° tamb√©m um da SUMO e um do Air Car. Enjoy! ūüôā

A propósito de veículos alternativos e novas tendências, chamo a atenção para dois eventos muito interessantes [via Treehugger e Inhabitat]. O primeiro é o Chicago Eco-transportation Show, que teve lugar no dia 15 de Agosto em Chicago, EUA:

¬ę$3.45 for a gallon of gas got you down? Chicago‚Äôs first Twike, electric and biodiesel cars, cargo bikes and other fuel-efficient and low-pollution options for commuters will be on display. View the vehicles; talk to the owners. Learn what’s really involved with owning and driving one of these greener modes of transportation. After reviewing all the options, network and socialize with others interested in sustainability/environmental issues at Chicago Green Drinks.¬Ľ

Têm um link para um artigo sobre uma mulher que usa um Twike como o seu meio de transporte. Só há ainda 5 pessoas nos EUA donas de um Twike.

Twike

Por c√°, a prop√≥sito da Semana Europeia da Mobilidade, temos em Faro a Exposi√ß√£o Energias Renov√°veis – Mobilidade Sustent√°vel, de 16 a 22 de Setembro, e o Rallye do Algarve de Ve√≠culos Amigos do Ambiente (Algarve Green Vehicle Challenge 2006) no dia 22 – Dia Europeu Sem Carros. Gostava de l√° ir e fazer a devida cobertura “blogu√≠stica” mas acho que n√£o vai dar… ūüė¶

Poster

Soube disto pelo Fórum Nova Energia, onde se discutem combustíveis alternativos aos fósseis, como o biodiesel e o bioetanol.

Nova Energia

Por sua vez soube deste F√≥rum atrav√©s do Lu√≠s Oliveira, um membro de um outro novo F√≥rum online, o D-Eficiente, onde me registei depois de ver no telejornal uma pe√ßa sobre ele e o seu “fundador”, o Pedro Monteiro.D-Eficiente

Achei que era uma maneira de aprofundar o meu interesse na tem√°tica da acessibilidade e justi√ßa social no que concerne √†s pessoas com algum tipo de limita√ß√£o f√≠sica ou cognitiva mais significativa. Depois de tomar contacto com este f√≥rum tive acesso a muitos links sobre uma s√©rie de coisas sobre e para os deficientes. Estou a ficar mais educated neste tema. ūüôā

Advertisements

August 15, 2006

‘Green’ pitfalls

Posted in ambiente, humor at 2:35 pm by Ana

Um cartoon do Andy Singer. Temos que analisar com muito cuidado as alternativas enégéticas.

Etanol

Ser um combust√≠vel alternativo (biodiesel, etanol, hidrog√©nio, etc) n√£o significa necessariamente que seja globalmente melhor. Tem que se analisar as implica√ß√Ķes do seu modo de produ√ß√£o (tamb√©m se gasta energia, o problema de roubar terras √† agricultura para alimenta√ß√£o para cultivar plantas para produzir combust√≠vel,…), de distribui√ß√£o, polui√ß√£o causada, etc. It’s not so simple as one might think…

August 9, 2006

√Č preciso ter lata

Posted in ambiente, imprensa at 9:26 pm by Ana

Primeiro fazem coisas que n√£o devem em s√≠tios onde n√£o devem e de formas que n√£o devem. Tudo ilegal. Depois v√™m queixar-se das m√°s condi√ß√Ķes, e exigir que o Estado (i.e., n√≥s) fa√ßamos alguma coisa. Nice.

√Č como os gajos que fazem casas nas dunas, em cima das fal√©sias, a um passo do mar. Depois v√™m as ondas, arrasam tudo e algu√©m tem que pagar os estragos. N√≥s. Eles fazem merda e os outros que paguem o preju√≠zo no fim, e duplamente, a tentar salvar o s√≠tio (tipo a costa) e a casa arruinada. Claro que at√© a√≠ eles gozaram do privil√©gio da praia nas traseiras de casa. E isto quer com barracas quer com casas de luxo, constru√≠das ilegalmente, como devia ser sempre a constru√ß√£o nessas zonas, ou legalmente.

No DN: “Casas abarracadas e muito p√≥ no caminho da praia da Fonte da Telha”

¬ęAs praias, rodeadas por casario degradado constru√≠do na frente de mar e junto a uma fal√©sia, t√™m como √ļnico acesso uma estrada √≠ngreme que se enche de filas de carros durante a √©poca balnear.¬Ľ

(…)

¬ęComo n√£o h√° saneamento b√°sico, os esgotos dom√©sticos s√£o despejados para fossas. “Estamos neste impasse, √© hoje, √© amanh√£, √© este ano, √© noutro ano e nada se faz“, lamenta o presidente da Associa√ß√£o de Moradores da Fonte da Telha, Ant√≥nio Amorim, que ergueu a sua casa ilegalmente numa √°rea limitada por mata protegida, numa altura em que “toda a gente fazia o mesmo”.¬Ľ

(…)

¬ęEnquanto persiste o impasse, moradores, comerciantes, pescadores e utentes das praias queixam-se do estado de abandono da Fonte da Telha, da falta de acessos, estacionamento e p√≥. “Os clientes chegam para jantar, passa um carro ou uma mota e √© uma poeirada”, reclama Artur Tavares, propriet√°rio h√° mais de 20 anos de um restaurante.¬Ľ

√Č preciso ter lata! “Toda a gente fazia o mesmo”! Assim √© que √©, ah valente!

Bons exemplos vindos da Irlanda

Posted in ambiente, eco-techie-habitat, notícias, política at 9:09 pm by Ana

O governo da Irlanda do Norte prop√īs-se alterar os regulamentos da constru√ß√£o para tornar obrigat√≥rio para todos os novos edif√≠cios constru√≠dos a partir de 2008 o uso de energias renov√°veis. Isto aplicar-se-√° a todas as casas, edif√≠cios empresariais e p√ļblicos, tornando a micro-gera√ß√£o, tal como pain√©is solares para aquecer √°gua, pain√©is solares fotovoltaicos nos telhados para gerar electricidade ou pequenas turbinas e√≥licas, obrigat√≥rios. O programa oferecer√° subs√≠dios de at√© 50% do custo de instala√ß√£o deste tipo de sistemas a 4000 lares.

[Via Treehugger]

Porque não cá também? A iniciativa de tornar obrigatório a pré-instalação de painés solares térmicos já é bom, mas podia ser melhor. De que têm medo, se no final é melhor para a carteira, para o ambiente e para a conveniência (um pouco de independência energética é sempre um bónus!).

Esta semana apanhei um programa qualquer tur√≠stico (portugu√™s) sobre a Irlanda, e fiquei com muita vontade de l√° ir. Pelos bel√≠ssimos e gigantescos parques e jardins, e pela juventude: 45% da popula√ß√£o tem menos de 25 anos! ūüôā In√©dito nesta Europa envelhecida. Jovens e instru√≠dos, suponho, ou n√£o fosse a educa√ß√£o o milagre irland√™s…

June 4, 2006

“Quiet revolution”

Posted in ambiente, eco-techie-habitat, produtos at 8:53 pm by Ana

Que tal uma turbina para transformar energia eólica que se pode usar facilmente em meio urbano? Existe e chama-se "quiet revolution". É "virtualmente silenciosa e sem vibrações" e como só tem uma parte móvel diminui a manutenção e aumenta a fiabilidade. Dependendo das condições de implantação, pode gerar entre 5000 a 1000 kW-hora por ano. Pode ser usada não-ligada à rede e conectada a baterias.

E tem ainda uma característica potencialmente interessante, pode ser usado como uma espécie de ecrã:

«Unlike other renewable energy sources, quietrevolution is also available in a unique model capable of creating a striking visual display that is part illuminated billboard, part artwork, part renewable energy device.

Light Emitting Diodes (LEDs) embedded in each of its three S-shaped blades fire in sequence as the blades rotate, painting a video screen that appears to hang in the air. This full colour and motion image is clearly visible day and night.»

Pretty cool, uh? ūüėČ

May 29, 2006

O exemplo sueco

Posted in ambiente, imprensa, política at 3:40 pm by Ana

Mais no Expresso… ūüėõ A Suécia prevê ficar independente do petróleo daqui a 14 anos. Nós nem por isso…

Emancipação sueca em 2020

May 11, 2006

Neve vegetal?

Posted in ambiente, insólito at 12:12 am by Ana

É o que se tem verificado no campus do INETI. Há umas árvores que largam umas partículas tipo algodão e o efeito resultante parece neve! Não tem muita piada é andar a levar com aquilo nos olhos, ou a inalar ou comer! ūüėõ Acho que as árvores que andaram a cortar há tempos eram daquelas justamente devido a esta característica desagradável. Mas é sempre triste ver uma árvore derrubada… ūüė¶

Uma das árvores A origem dos O tapete logo por baixo da copa

Parece neve, ou granizo Os canteiros

Está a nevar! :-P

May 5, 2006

Conferências

Posted in ambiente, eventos & Cia at 9:21 am by Ana

Vi anunciadas no site da FCT-UNL duas conferências interessantes (a decorrer no campus):

E quando o petróleo acabar?! – Energia; Inovação; Novas soluções.

6 de Maio, 9h30

Turismo e os Desafios do Desenvolvimento
Tróia Resort – “de mãos dadas com a natureza”
Balanço territorial de uma reconversão ambiental e urbanística

10 de Maio, 9h30

Infelizmente a estas não poderei ir. ūüė¶

Tinha particular curiosidade em assistir à segunda…

April 30, 2006

Encontrei…

Posted in ambiente, humor at 10:08 pm by Ana

… mesmo agora, em deambulações wébicas, uns posts interessantes nuns blogs relacionados com o ambiente.

No blog "ecosfera" encontrei um post com o seguinte:

«Quando um cientista escreve: Há muito que se sabe… Quer realmente dizer: Não me dei ao trabalho de procurar a referência.
Quando um cientista escreve: Embora não me tenha sido possível dar respostas definitivas a estas questões. Quer realmente dizer: A experiência não resultou, mas pensei que poderia pelo menos publicar qualquer coisa sobre ela.
Quando um cientista escreve: Três das amostras foram escolhidas após um estudo pormenorizado. Quer realmente dizer:
Os resultados das outras não tinham qualquer sentido e foram ignoradas.

Quando um cientista escreve: Danificado acidentalmente durante a montagem. Quer realmente dizer: Caiu ao chão!
Quando um cientista escreve: De grande importância teórica e prática. Quer realmente dizer: Interessante para mim.
Quando um cientista escreve: Sugere-se ou Sabe-se que Quer realmente dizer: Eu penso que.
Quando um cientista escreve: Reconhece-se geralmente que… Quer realmente dizer: Outros tipos também pensam assim!»

Eheheh ūüėõ

No "ambio" encontrei dois posts com fotos/ideias engraçadas…

Uma questão de perspectiva:

Perspectivas (1)Perspectivas (2)Perspectivas (3)

E a prova última do aquecimento global:

a prova!

ūüėČ

Menos engraçado li também o post sobre o litoral alentejano. Até tremo quando oiço alguém manifestar o desejo (por motivos de desenvolvimento da zona) que o litoral alentejano se torne "o novo Algarve". Isto devia fazer pensar um pouco, porque se se está a falar de "um novo Algarve", ou "o próximo Algarve", em termos turísticos, isso quer dizer que o primeiro acabou… Ou seja, vão replicar o modelo, e daqui a uns anos estarão a ver qual será o novo "litoral Alentejano"… Mas entretanto já não haverá mais costa para estragar… ūüė¶

Temos mesmo que fazer as nossas almejadas férias "em movimento", isto é, uma biketour daqui até ao Algarve, sempre pela costa, o mais rapidamente possível. Sim, porque o litoral alentejano lindo, selvagem, unspoiled, respirável, vai desaparecer em breve e vamos ter ou zonas inacessíveis tipo Quinta do Lago ou Vale de Lobo – para gente muito muito rica, ou zonas tipo Praia da Rocha, Albufeira, Monte Gordo – para o zé povinho… Isto põe-me verdadeiramente triste.

April 24, 2006

Plano de Pormenor da Mata de Sesimbra (Zona Sul) – o parecer de algumas ONGA’s

Posted in ambiente, notícias at 9:25 pm by Ana

A Quercus publicou no seu site um comunicado a propósito do Plano de Pormenor da Mata de Sesimbra (em consulta pública até ao dia de hoje) em que apresenta, juntamente com a LPN e o GEOTA, uma posição desfavorável ao referido Plano. No comunicado podemos ler as suas virtudes e os seus defeitos, na opinião destas ONGA's.

Este post vem na sequência de outro que publiquei aqui antes.

Next page