September 18, 2006

Discriminação lógica

Posted in mulheres, notícias, sociedade at 3:01 pm by Ana

Na Madrid Fashion Week deste ano não desfilam na passerelle manequins com um IMC abaixo de 18.  Aplaudo a medida. Demonstra consciência do impacto social que o mundo da moda tem sobre as mulheres, nomeadamente as adolescentes, e tenta controlar o tipo de referências corporais que impinge nos media.

Não digo que as agências “obriguem” as modelos a regimes alimentares que as levem a parecer saídas dos campos de concentração nazis, nem que sejam as próprias modelos a transformar-se assim, propositadamente. Mas talvez as que são naturalmente (muito) magras sejam preferidas à partida…

Assim, esta medida tenta apenas que se escolham modelos menos magras (mesmo que elas sejam naturalmente assim e sejam saudáveis), para proteger a saúde das próprias e das miúdas que as idolatram.

Só não posso deixar de assinalar o cinismo de algumas pessoas como um tipo qualquer ligado à moda nos EUA que acusou a medida de “discriminatória”. [Esta palavra desde há uns tempos é muito mal usada, como se “discriminar” fosse mau, até parece que não passamos a vida a “discriminar” entre o certo e o errado, o bom e o mau, o que é melhor para nós e o que é pior, quem é o empregado mais competente e quem é o mais incompetente,…] E alguns disseram que havia pessoas (as modelos) que deixaram de trabalhar por causa desta medida. Engraçado, nunca vi ninguém queixar-se de discriminação quando uma mulher com menos de 1.70 m quer ser modelo e não pode, ou quando alguém com medidas um pouco acima do 86-60-86 gostaria de trabalhar nas passerelles e não a aceitam. Pode-se “discriminar” mulheres bonitas e absolutamente normais e saudáveis desde que seja por serem baixas de mais ou “gordas” (ou musculadas, sei lá!) de mais, mas se “discriminarem” as magras a atirar para o sub-nutridas já é uma injustiça. Certo.

Advertisements

August 27, 2006

Eco-parque sensorial para cegos

Posted in notícias, videos at 7:13 pm by Ana

Vi esta peça ontem no telejornal da Sic. Um jardim preparado para deficientes visuais, na aldeia da Pia do Urso na Batalha. O video está disponível aqui.

August 21, 2006

Residência Universitária em Oeiras

Posted in notícias at 7:27 pm by Ana

Li no Boletim Municipal “Oeiras Actual” n.º 166 de Julho de 2006 que a Quinta dos Sete Castelos vai acolher uma Residência Universitária para investigadores. Vai chamar-se “residência Prof. António Xavier” em homenagem a este cientista falecido em Maio passado, e visa servir de apoio ao campus de Oeiras do ITQB ou IGC (o texto não era muito claro). Suponho que esta residência venha a funcionar na casa actualmente abandonada no centro da Quinta dos Sete Castelos, cujo jardim foi recuperado e aberto ao público pela CMO há uns tempos atrás. Fotos deste lindíssimo local disponíveis aqui.

August 9, 2006

Bons exemplos vindos da Irlanda

Posted in ambiente, eco-techie-habitat, notícias, política at 9:09 pm by Ana

O governo da Irlanda do Norte propôs-se alterar os regulamentos da construção para tornar obrigatório para todos os novos edifícios construídos a partir de 2008 o uso de energias renováveis. Isto aplicar-se-á a todas as casas, edifícios empresariais e públicos, tornando a micro-geração, tal como painéis solares para aquecer água, painéis solares fotovoltaicos nos telhados para gerar electricidade ou pequenas turbinas eólicas, obrigatórios. O programa oferecerá subsídios de até 50% do custo de instalação deste tipo de sistemas a 4000 lares.

[Via Treehugger]

Porque não cá também? A iniciativa de tornar obrigatório a pré-instalação de painés solares térmicos já é bom, mas podia ser melhor. De que têm medo, se no final é melhor para a carteira, para o ambiente e para a conveniência (um pouco de independência energética é sempre um bónus!).

Esta semana apanhei um programa qualquer turístico (português) sobre a Irlanda, e fiquei com muita vontade de lá ir. Pelos belíssimos e gigantescos parques e jardins, e pela juventude: 45% da população tem menos de 25 anos! 🙂 Inédito nesta Europa envelhecida. Jovens e instruídos, suponho, ou não fosse a educação o milagre irlandês…

July 22, 2006

O Café do Senhor

Posted in featured on Flickr!, imprensa, insólito, notícias, teísmos at 11:14 pm by Ana

O primeiro café do género na Península Ibérica, abriu na Amora, Seixal.

Um “café cristão“. E o que é isso, perguntam vocês. É um sítio onde se pode ir à missa, ler a bíblia e estar com outros “cristãos”. Uma espécie de Igreja privada, um chill out para crentes.

Não se pode fumar (louvável), não se vende álcool (pensava que isso era com os islâmicos), não se pode jogar (não especificam a quê, será que o jogo do galo passa?), não há jornais sobre as mesas mas apenas bíblias (não se esqueçam que ler jornais e navegar na web é pecado) e a decoração é “espartana”. A mim parece-me um sítio meeeeeeeesmo apelativo (not!).

Isto até seria preocupante, se não fosse tão simplesmente risível.

Supostamente, a iniciativa visa 2 propósitos: angariar receitas para um projecto de ajuda a toxicodependentes e evangelização. É impressão minha ou a Igreja Católica não faz obra social nenhuma que não esteja associada a uma campanha de “evangelização” e conversão? “Estás com fome? Toma lá comida. E agora abraças o catolicismo, ceeeerto?“. Não me parece muito desinteressado ou abnegado.

Se a religião e o catolicismo é uma cena assim tão boa, porque têm tanto trabalho a vendê-la e impingi-la aos outros? As coisas boas pegam por elas próprias depois de as pessoas tomarem contacto com elas. Ou não?

O Café do Senhor - Parte 1O Café do Senhor - Parte 2

O Café do Senhor - Parte 3O Café do Senhor - Parte 4

O site deles condiz com o resto…

July 19, 2006

Miséria desnecessária

Posted in imprensa, notícias, política, sociedade, teísmos at 8:52 pm by Ana

Haverá guerra mais estúpida do que aquela por motivos religiosos?

Editorial

Tanta coisa má a que as pessoas estão sujeitas, e há países, grupos, a aniquilarem-se mutuamente, a destruirem as pessoas e o património (natural e construído) uns dos outros porque uns e outros acreditam em histórias da carochinha e em contos de fada e fábulas e lendas mitológicas diferentes?!…

Não há dúvida que a espécie humana é a mais irracional à face da Terra. Simultaneamente inteligente, e muito muito muito estúpida. E muito muito muito MUITO má.

June 20, 2006

Abaixo a TV Cabo!

Posted in notícias at 1:11 pm by Ana

Quer dizer, primeiro tiram-nos o canal GNT e põem-nos lá aquela treta da TV Record ou lá o que é, e agora vão tirar-nos o canal SIC Mulher?!?!?!!! (notícia no Público de hoje: http://jornal.publico.clix.pt/default.asp?sid=9248) Chulos! Daqui a bocado tiram-nos o People & Artes, o Odisseia, o National Geographic e o AXN. E Já agora o História e a SIC Comédia. Daqui a pouco não vale a pena ter cabo…

É o adeus à Oprah, à Juíza, à The Division, ao Eles sobre Elas e ao Elas sobre Eles, ao Sexo e a Cidade, e ao Diferenças entre Iguais!!! Oh nooooooooo!

Não é justo! 😦

June 11, 2006

Net neutrality

Posted in movimentos, notícias, política, videos at 11:44 am by Ana

O Bruno falou-me desta questão há uns dias.

Click here

Para saber do que se trata pode-se começar por ver este video, que é bastante esclarecedor, e já agora também este, e explorar um pouco este site: Save the Internet, nomeadamente as F.A.Q..

(Tentando traduzir do site) este movimento defende a liberdade na internet. " Neutralidade da Rede" — a Primeira Emenda da Internet — assegura que o público pode ver o mais pequeno blog tão facilmente quanto o maior site empresarial ao prevenir que companhias de internet como a AT&T optimizem o campo de jogo apenas para os sites que paguem mais.

Para quem não compreende inglês, vou tentar explicar o que o primeiro video mostra.

Neste momento é o utilizador que decide quais os conteúdos que vê na internet. Eu ligo-me à net, abro o browser e vejo os sites que quiser. Isto é possível devido à neutralidade da internet, que previne que o meu ISP (por exemplo a Netcabo) me bloqueie o acesso àqueles sites.

Agora imaginemos que eu vou ao site do Google e faço uma pesquisa qualquer, mas apercebo-me que o site corre extremamente lentamente ou, pior, nem sequer carrega. Depois de muito desesperar decido ir a um outro motor de pesquisa (por exemplo o Yahoo) para encontrar aquilo que procuro. Sem a neutralidade da internet este cenário poderia tornar-se muito (demasiado) comum. O meu ISP, a companhia que opera a minha ligação física à internet pode decidir degradar a minha ligação a um site como o Google ou até bloquear-me o acesso completamente. Porque haveria o meu ISP de fazer isto? Bom, talvez eles tivessem assinado um acordo exclusivo com a empresa de um outro motor de busca. Assim, seria do interesse desse ISP dirigir a minha atenção para o site dessa outra empresa.

Outro cenário seria o de degradar o serviço numa aplicação de VoIP (Voice over IP) para algum tempo depois mudarmos para uma outra empresa, por exemplo a deles (do próprio ISP).

Se o meu ISP tiver interesses financeiros nos conteúdos de determinado site/empresa ele terá um incentivo para degradar o serviço de acesso aos conteúdos de outras empresas.

Estes cenários não só são possíveis como já ocorreram. E vão continuar a ocorrer enquanto os princípios básicos da neutralidade da internet não forem obrigatórios por lei. Infelizmente o pessoal no Congresso americano não acha a neutralidade na internet uma questão suficientemente importante para pôr na Lei.

A última notícia não foi boa:

«O voto do Congresso americano, no passado dia 8, contra uma emenda que tornaria a neutralidade da internet obrigatória é o resultado de um enxame de grupos de pressão e de uma campanha multimilionária nos media por parte de companhias telefónicas que querem que o Congresso lhes atribua o controlo da internet.

A luta agora muda-se para o Senado, onde há um apoio bi-partidário mais forte para uma lei – apresentada pelos Senadores Olympia Snowe (R-Maine) e Byron Dorgan (D-North Dakota) – que protegeria a nossa liberdade na internet da AT&T, da Verizon e da BellSouth.»

[tentativa minha de tradução do texto deles]

June 7, 2006

CicloProtesto

Posted in ciência, notícias, política nacional at 10:10 am by Ana

Na sequência do post de 30 de Maio, deixo aqui o link para o site onde é possível acompanhar a viagem-protesto do bolseiro de investigação científica João Freire: CicloProtesto (obrigada David ;-)).

June 2, 2006

“Rubber highway to beat congestion”?

Posted in mobilidade, notícias at 10:25 pm by Ana

Por um lado é uma boa ideia. Por outro talvez não… Cobrir vias férreas em desuso com borracha de pneus reciclados para que carros possam usá-las e diminuir os congestionamentos. A notícia pode ser lida aqui.

Next page